"A pobreza não é causa da violência. Mas quando aliada à dificuldade dos governos em oferecer melhor distribuição dos serviços públicos, torna os bairros mais pobres mais atraentes para a criminalidade e a ilegalidade.” Sociólogo - Luís Antônio Francisco de Souza

A violência urbana é o mal que aflige toda a sociedade, uma vez era somente em centros urbanos, atualmente no interior também. As causas da violência são várias como: crise familiar, adolescentes lascivos e sem limites, reprovação acadêmica, desemprego, uso de drogas, prostituição, tráfico em geral, disputa entre gangs rivais, carência de políticas públicas, discriminação em geral e tantos outros!

No entanto pode-se afirmar que a mais importante delas é a má distribuição de renda que resulta na privação da educação e melhores condições de toda ordem. Todo esse círculo vicioso se origina a partir da falta de qualidade e de dignidade humana, faz com que as pessoas percorram muitas vezes os caminhos ilegais da criminalidade.

A violência urbana engloba uma série de crueldades como a doméstica, escolar, racial, sexual, contra idosos e crianças, no trabalho e tantos outras que existem e que geram este labirinto que se tem conhecimento. Inúmeras são as ideias e os projetos feitos para erradicar a selvageria social, porém cabe a cada um de nós, uma autoanálise, o que estamos fazendo para evitar toda esta brutalidade?

Pensemos nisso!!!